Como Fazer Hidratação Nos Cabelos Ressecados

Tipos de Cabelos

Como Fazer Hidratação Nos Cabelos Ressecados

Os tipos de cabelos são definidos de acordo com o grau de oleosidade dos fios. Os cabelos secos têm fios quebradiços, fracos e sem brilho. Já os cabelos normais não apresentam nem excesso nem falta de oleosidade e, por isso mesmo, são os que necessitam de menos cuidados.

Os fios oleosos ficam com aparência de sujo e pesado muito facilmente, porque as glândulas sebáceas trabalham de modo excessivo, enquanto os cabelos do tipo misto têm couro cabeludo oleoso em contraste com pontas ressecadas.

Como Atacar os Problemas

Durante muitos anos, os especialistas nos disseram que era preciso descobrir que tipo de cabelo temos e, a partir daí, tratá-lo com o xampu e o condicionador adequado. Mas com o desenvolvimento tecnológico e o avanço das pesquisas, o conselho especializado mudou um pouco seu foco, passando a se concentrar mais na questão do tipo de dano e na hidratação.

Isso pode ser facilmente notado nas prateleiras de supermercados e farmácias onde encontramos produtos agora classificados de modo diferente – a partir do tipo de problema, como falta de volume, cabelo pesado, pontas danificadas etc.

Isso acontece porque hoje se sabe que a aparência do cabelo tem ligação direta com a estrutura básica dos fios, e a manutenção saudável e equilibrada desta estrutura. Cada fio de cabelo é composto por diversas escamas chamadas cutículas.

Um cabelo em boa forma tem essas escamas bem fechadas, enquanto um cabelo danificado tem escamas abertas, que resultam em perda de brilho e resistência.

Estrutura e Hidratação

Como Fazer Hidratação Nos Cabelos Ressecados

Assim como sua pele e corpo precisam de hidratação, seu cabelo também sofre com o ambiente (vento, nível de umidade do ar, sol, poluição…) e com o que você faz com ele (uso de secador, tinturas, uso de escovas e pentes etc). E tudo isso pode levar os fios a perderam sua aparência saudável. Eles ficam sem vida, opacos, sem brilho, sem graça, secos e quebradiços.

A estrutura de cada fio do seu cabelo é composta de três partes distintas. Existe a cutícula, que é a parte externa do fio e que protege o córtex, que é uma área que retém umidade e ainda protege a medula da fibra de cada fio do seu cabelo. Estas três camadas (ou seja, o fio) são compostas de quatro elementos: água, proteínas, lipídios e pigmentação.

A água é essencial se você deseja ter cabelos saudáveis e bonitos. Já a proteína é o que garante a força do fio, enquanto os lipídios atuam como protetores naturais da fibra e a pigmentação define a cor das madeixas.

Dicas Básicas de Hidratação dos Fios

Primeiro, é preciso deixar claro que todo tipo de cabelo precisa de hidratação. Em segundo lugar, vale a pena explicar que era verdade, sim: uma ou duas décadas atrás, os xampus eram às vezes fortes demais e acabavam tendo um certo efeito colateral sobre os cabelos. Mas isso já não acontece hoje em dia, pelo menos com os produtos de qualidade. As fórmulas atuais foram desenvolvidas para proteger e limpar. E aqui vai outra dica importante: não abuse do condicionador. Use na dose certa, ou você pode acabar sofrendo com seu cabelo ficando pesado e “morto”.

Informação Sem Limites

Para saber mais sobre como cuidar do seu cabelo, sobre as últimas novidades, descobertas científicas e lançamentos de produtos, você pode nos visitar regularmente ou, se preferir, pode assinar nosso serviço inteiramente grátis de RSS. Com ele, você passa a receber atualizações periódicas desta página, tendo acesso fácil e rápido a informação de qualidade sobre tudo que tem a ver com a beleza e a saúde dos seus cabelos.

Assista também a este vídeo que mostra como hidratar o cabelo em casa:

Como Fazer Aplique de Cabelo Com Fita Adesiva – Guia Passo a Passo

Esperar o cabelo crescer, para algumas mulheres é muito difícil, para aumentar o volume em cabelos ralos e para dar muito mais realce na beleza, os apliques de cabelo são grandes aliados.

As técnicas são variadas e feitas para se adequar a cada tipo de cabelo específico, pois nem todas as técnicas são indicadas ou adaptáveis por todas as mulheres, então vale a pena continuar lendo para saber mais sobre esta técnica de alongamento muito mais simples e fixa, garantindo que dure por mais de 6 meses.

Com uma manutenção constante e cuidados diários este aplique fixo que funciona com fita adesiva pode ser a resposta para seus problemas, sua funcionalidade é muito mais simples, exigindo menos da metade do tempo normalmente utilizado para o procedimento, em comparação com outros tipos de apliques fixos, uma grande vantagem para quem deseja pagar mais barato, pois por exigir menos trabalho, menos ferramentas específicas e menos mão de obra, o preço é bastante reduzido, ainda mais se você adquirir seu aplique separadamente da colocação.

É possível comprar através da internet este tipo de aplique, parcelar em várias vezes no cartão de crédito e também adquirir as fitas para a manutenção, se quiser pode até adquirir em conjunto o produto de remoção das suas mechas, que são necessárias para realizar as manutenções, mas atenção tenha cuidado com a marca escolhida, pois se não for de qualidade os cabelos poderão se soltar das fitas adesivas e você vai acabar ficando sem nenhum cabelo, então veja os comentários, pergunte bastante e tire todas as suas dívidas sobre a marca e até mesmo o site escolhido para a compra.

Como Fazer Aplique de Cabelo Com Fita Adesiva - Guia Passo a Passo

Nem todo mundo se adapta ao aplique de cabelo com fita adesiva, pessoas que tem bastante oleosidade nos cabelos se dão melhor com outros tipos de aplique, este aplique de fita adesiva se adapta melhor em cabelos lisos ou levemente ondulados e que não suem demais no couro cabeludo, o calor e os óleos produzidos naturalmente acabam reagindo com a fita, impedindo que ela cole apropriadamente no cabelo.

Por isso é tão importante consultar um cabeleireiro para que ele realize uma avaliação, indicando entre os diversos tipos de aplique para você, afinal, caso você adquira o aplique e depois veja que ele não se adequar perfeitamente para o seu cabelo, será difícil realizar a troca.

Se você comprar o seu aplique e descobrir que ele não se adaptou ao seu tipo de cabelo, não se preocupe, leve a um cabeleireiro e peça para que ele confeccione, com o cabelo do seu aplique, um novo, mas feito com a técnica do do aplique de cabelo tic tac, que, apesar de não ser uma solução fixa, você ainda poderá reutilizar suas mechas, sem ter que se desfazer da ideia de ter longos e volumosos cabelos.

Assim, você poderá ter os apliques feitos especialmente para a medida da sua cabeça, é uma solução ideal para quem ainda deseja ter os cabelos longos mas que não conseguiu se adaptar aos novos apliques de cabelo com fita adesiva.

Veja também esse vídeo da Rafaela Bittencourt que mostra como fazer aplique tic tac em casa:

Café é Bom ou Ruim Para os Cabelos? Conheça os Benefícios do Café – Review Exclusivo

Se você acompanhar a literatura médica, você poderá pensar que a resposta muda algumas vezes por ano. Diferentes estudos têm encontrado associação com diversas doenças, enquanto outros sugerem que as pessoas que tomam seu cafezinho todo dia tem melhor sobrevida. Tem alguns também que dizem que o café ajuda na prevenção da queda de cabelos.

Neste artigo vamos te mostrar em detalhes tudo que envolve os benefícios do café para nossa saúde como um todo.

Vamos lá…

Um novo estudo mostra que o café tem um efeito positivo em nossa saúde, mas também pode ajudar a explicar por que os estudos anteriores foram tão confusos.

Hábitos do Café

Café é Bom ou Ruim? Conheça os Benefícios do Café Neste Guia Completo

Como se vê, o consumo de café está associado a maus hábitos (principalmente fumo), se compensarmos estes fatores podemos realmente medir os benefícios ou malefícios.

Primeiro, você deve observar a maior limitação deste estudo: sua população foi recrutado exclusivamente da AARP (American Association of Retired Persons). Se você não está pensando em aposentadoria, você pode querer adiar até que vejamos mais a partir de um estudo com um público mais jovem.

AARP (Associação Americana de Aposentados) está aberta a qualquer pessoa acima de 50, assim que a população no início do estudo foi entre 50 e 71. No lado positivo, a quantidade de participantes foi enorme: mais de 400.000 indivíduos. E isso foi depois que os autores excluíram as pessoas que já tiveram câncer, doença cardíaca, e / ou acidentes vasculares cerebrais.

O levantamento inicial incluiu questões sobre o consumo de café, saúde e outros hábitos alimentares. Uma vez inscrito, os autores acompanharam os participantes durante 12 anos.

À primeira vista, as coisas não pareciam boas para o café, aqueles que participavam pareciam ter elevado risco de morte.

Mas ficou claro que a ingestão de café foi associada com alguns maus hábitos.

Bem, um monte de maus hábitos: Bebedores de café eram mais propensos a fumar cigarros e consumir mais de três bebidas alcoólicas por dia, consumiram mais carne vermelha. Também tendem a ter um menor nível de escolaridade, eram menos propensos a se engajar em atividades físicas vigorosas, e relataram níveis mais baixos de consumo de frutas, verduras e carne branca.

Os autores construíram um modelo estatístico que poderia compensar todos esses fatores e uma série de testes para determinar se a ingestão de café teve um efeito significativo na sobrevida.

Na verdade, uma vez que dividiram a população de acordo com o grau de ingestão: em cinco grupos, variando de menos de uma xícara até mais de seis por dia.

Veja os Resultados:

  • Com uma dose de café: a sobrevida de homens e mulheres subiu.
  • Com a ingestão de duas ou três xícaras diárias: a mortalidade caiu em cerca de 10 por cento, e ficou lá quando o consumo subiu ainda mais (o efeito foi ligeiramente mais acentuada nas mulheres).

O que está acontecendo?

Café é Bom ou Ruim? Conheça os Benefícios do Café Neste Guia Completo

Muitos estudos com café têm sugerido que o seu efeito estimulante teria um impacto sobre aqueles propensos a doenças cardíacas. O Café é carregado com antioxidantes, que parecem reduzir o dano celular. Das várias causas de morte, os autores analisaram, no entanto, o câncer era praticamente a única que não caiu quando o consumo de café subiu.

E os autores analisaram uma variedade de causas que diminuem com consumo do café: A doença cardíaca, doença respiratória, acidente vascular cerebral, lesões e acidentes, diabetes e infecções.

Existem algumas razões para levarmos este estudo a sério.

Uma série de outros estudos recentes (como mostrado em outros posts) têm mostrado um impacto semelhante sobre a mortalidade em bebedores de café e a maioria dos que envolveram uma população substancialmente mais nova, então o efeito não é limitado a simplesmente prolongar a vida dos indivíduos mais velhos. Além disso, a aparente dose-dependência evidencia que há um efeito real aqui.

Em última análise:

O que realmente tiraria todas as dúvidas seria a explicação efetiva dos mecanismos pelos quais o café atua. Os autores deste estudo também mostraram que existem mais de 1.000 compostos em uma mistura típica de café, e descobrir o que faz o que biologicamente não será uma coisa simples.

Até conseguirem explicar os mecanismos de ação do café você provavelmente pode estar ingerindo sem culpa. Apenas certifique-se que você não está fumando um cigarro ou comendo um cheeseburger com ele para que você possa evitar qualquer influencia negativa sobre os benefícios observados neste estudo.

Até a próxima!